Browsed by
Categoria: Dona-de-casa

Começar de novo… só que de novo.

Começar de novo… só que de novo.

Ai, ai, ai. Não tenho mesmo vergonha na cara, né? Essa história de tentar ser organizada, de dar conta da vida de mãe, profissional, esposa, voluntária, ser humano, me persegue. O negócio é que acordei com a macaca hoje. E não parei de pensar nisso… Pensar que não consigo colocar minhas coisas em ordem, nem terminar de fazer tudo que listo, que não consigo descansar, curtir, viver. Afff, que drama! Mas, é real. Tenho acordado, a dias, mais cedo que…

Leia mais Leia mais

A mesma tecla, de novo

A mesma tecla, de novo

Podemos bater mil vezes na mesma tecla e eu não mudo. Vivo escrevendo a respeito, lendo, tentando, mas não consigo me organizar. A casa até toma jeito, de quando em vez, fica com cheirinho bom de limpeza, ajeitadinha, mas esse estado de “quase perfeição” não dura. Já consegui identificar alguns dos meus graves problemas que me impedem de ser a “perfeitinha de Gatineau”, mas minmha ação não é tão rica nem tão ativa quanto deveria para a manutenção do estado de…

Leia mais Leia mais

Minha aventura em busca de uma casa organizada a 2, 3, 4…

Minha aventura em busca de uma casa organizada a 2, 3, 4…

Cada um quer ter uma vida/ casa (ou os 2) organizada por uma razão. A mais óbvia para mim é o fato de se viver melhor num lugar (dentro de si ou não) ordenado. Difícil é colocar as coisas nos devidos lugares, de forma comveniente, lógica e sem atraso. Sim, porque somos humanos e queremos tudo para ontem, não é? Desde que comecei esse processo de me organizar e manter a vida de casada (família muda tudo) em ordem, aprendi…

Leia mais Leia mais

Feng Shui na minha vida e na minha casa

Feng Shui na minha vida e na minha casa

Essa tradição mais que milenar chinesa defende que cada espaço natural tem suas vibrações e é influenciado pelo ambiente que o circunda. Ou seja, cada espaço que frequentamos tem sua energia, que pode ser positiva, negativa ou estar acumulada. Seja o seu escritório no trabalho, a casa da sogra, a academia de ginástica ou a sua própria residência. Cabe a nós, com nosso pensamento e a disposição daquilo que nos circunda – objetos de decoração, móveis, tralhas – fazer circular…

Leia mais Leia mais

O tal de “limpar a casa”

O tal de “limpar a casa”

Essa coisa de “limpar a casa”, na minha concepção, vai muito além de passar a vassoura ou tirar o pó dos móveis. Vai muito além de bater o tapete para tirar a poeira ou tirar o mofo dos azulejos do banheiro. Há inúmeros aspectos psicológicos em jogo. Muitas pessoas entendem “limpar” como algo novo, melhor e até mais bonito! E todo mundo deseja um mundo assim, não é? Não tem como entrar numa casa abarrotada de pratos sujos, roupas empilhadas…

Leia mais Leia mais

36 dias, 72 horas e 180 itens

36 dias, 72 horas e 180 itens

Bem, decidi planejar um ataque à tralha e à bagunça de minha casa. Com a chegada do segundo pimpolho em breve, muito breve, decidi que precisa dar um basta no supérfluo que está “decorando” a casa e dar um jeitinho definitivo (ou quase) na arrumação de alguns cômodos. Só que a barriga de 7 meses anda começando a limitar meus movimentos ou me cansando mais rápido do que o desejado. Justamente por isso, decidi estabelecer um limite precioso, de tempo….

Leia mais Leia mais

Comprar alimentos prontos, ou não?

Comprar alimentos prontos, ou não?

Dizem que comprar alimentos prontos é muito mais caro. Isso é verdade, pode comparar. Junto com o comentário do custo, vem o da saúde. É MUITO mais saudável cozinhar você mesma uma sopinha, um prato legal, que comprar feito. Sabe-se lá o que tem lá dentro! Quanto de sal foi colocado? Tem muitos conservantes? corantes artificiais? E que tipo de gordura foi usada? E por aí vai… Aí, diante de tantos aspectos negativos, você decide que vai cozinhar tudo você…

Leia mais Leia mais

Voltei. Ou melhor, cheguei!

Voltei. Ou melhor, cheguei!

  Voltei! Ou melhor, cheguei! Acho que só volta aquele que partiu por uma temporada e retorna quase igual ao ponto inicial. Volta porque se identifica com aquele lugar, com o ambiente, com o astral. Volta com a ideia de recuperar algo que deixou. Quase sem mudanças, apenas uma mínima evolução, um avanço de idade, umas rugas a mais. Eu, de fato, chego aqui em novembro, mudada, com outros pensamentos, evoluída, certamente um pouco mais, ainda mais velha, na cara…

Leia mais Leia mais

Voltando à ativa!

Voltando à ativa!

Ok, ok.. o ano começou já tem uns dias, mas até agora estava envolvida com o início do ano no trabalho, começo de estágio do maridex, organização de alguns eventos importantes familiares e “desobstrução” da casa de velharias e coisas que estavam atrasando meus dias. Tudo resolvido, tudo pronto, tudo organizado. Hora de começar de vez o ano. Sim, porque aqui na Terra do Gelo o ano “começa” em setembro com a volta às aulas/ trabalho no pós-verão e “recomeça”…

Leia mais Leia mais

O que esperar de 2011?

O que esperar de 2011?

O que se pode esperar de um novo ano que começa num sábado? Preguiça? Um ano de praia, sol e cerveja? Ou um ano de aulas de linguas pela manhã, supermercado à tarde e uma saidinha com os amigos à noite, se o cansaço deixar? Ou ainda um ano de feira de frutas e verduras às 5 da manhã, uma tarde de faxina de casa e um filminho do Supercine antes de adormecer? É exatamente isso tudo aí de cima…

Leia mais Leia mais