A autora

A autora

 Oi, sou a Andrea, mãe em tempo integral durante 1 ano e 2 meses e muito feliz com a escolha, e agora, profissional e mãe em tempo parcial.

Nasci em João Pessoa, na Paraíba, a pouco mais de 3 décadas. Sou formada em Letras – Língua Francesa e professora de línguas a mais de 12 anos.

Sempre gostei muito de sair, farrar, bater papo com os amigos, dançar, viajar, rir. Mas, um dia, decidi que era hora de encerrar esse capítulo (muito bem vivido, diga-se de passagem) e me tornar algo melhor (ainda): mãe.

 Não que mães parem de sair, rir ou bater papo com os amigos, mas quem já é mãe, sabe que em alguns períodos da vida, essas coisas tão simples tomam outra dimensão… e se tornam QUASE impossíveis de realizar!

Já fui babá (baby-sitter) de crianças e bebês quando adolescente (e no exterior), já cuidei de irmão (mais novo alguns anos), primos e filhos de amigos de várias idades, já fui au pair (outra modalidade de babá, mas que vive com a família, portanto, dor de cabeça em tempo mais que integral) na França durante um ano. Quem lê isso, até pensa: – Ah, essa menina já tem experiência, deve ter sido fácil pra ela quando teve bebê. Nananinanão. Posso dizer que isso não serviu de quase nada na hora de viver as emoções da maternidade.

Quatro anos atrás, quando casei, maridex (Philippe) e eu decidimos vir morar em Ottawa (Canadá), onde adotamos 2 gatinhos. Estava realizada. Casada com meu amor e feliz. Mas, e casa? Como agir com essa (quase) terceira pessoa no casamento?? Começaram as minhas dores de cabeça e aventuras… Se quiser conhecer um pouco desse meu lado, visite meu blog Brincando de casinha

Depois de uma gravidez super tranquila, o sol apareceu em nossas vidas: dei a luz (sou mais que adepta do parto normal) uma menina maravilhosa e saudável, nossa filhota querida, Julie. E desde então, tenho vivido, a cada minuto, os melhores momentos de minha vida… e, inclusive, continuo amamentando (ela nasceu em janeiro de 2008, faça as contas).

Sou adepta de uma gravidez tranquila (sem excessos de ultrassom e etc.), parto normal, corte do cordão quando ele para de pulsar, mamada no primeiro minuto, cama familiar, amamentação exclusiva e prolongada, uso de homeopatia, ou seja, um E.T. para alguns! Mas, sou feliz assim…

Leio porque gosto, mas escrevo porque amo, porque me sinto bem.
Espero que meus textos aqui sejam úteis e agradáveis para você. Obrigada pela visita!

5 thoughts on “A autora

  1. Oi Andrea. Li teu relato sobre o caso daquela mãe que mudou a legislação local. Achei superlegal teu texto, tb. Que legal isto. Era pediatra em Porto Alegre; há 6 mêses em Edmonton. Me dei conta de que aqui nunca vi aleitamento natural em público. Acho que nas grandes cidades não rola. Talvez pela grande quantidade de imigrantes com outras crenças e tabus. Prefiro acreditar que fiquem em casa sendo amamentados, pois quase ñ se vêem bebês de outras etnias nas ruas.
    Acho tuas escolhas bem legais.
    Saudações naturalistas;
    Eduardo

  2. Andrea, fui sua aluna na Aliança Francesa em Joao Pessoa e posso te dizer que vc foi uma das melhores professoras que tive por la, sempre bem preparada, competente e exigente, sem ser rude! Adoro seus blogs, dá para sentir a facilidade que você tem para escrever e o quanto você ama essa atividade!
    Parabéns!
    Continuarei acompanhando seus blogs, são muito boms!!!
    Abraços!!

  3. Ola Andrea,
    Recebi seu blog atraves da indicacao de uma amiga q mora no Brasil, mae de 2 criancas lindas.
    Eu tambem acabei de dar a luz a um menino lindo e saudavel, Felipe (agora com pouco mais de 2 semanas) e moro na mesma cidade q vc (Ottawa).
    Legal poder ler seu blog, apesar da falta de tempo p/ assuntos interneticos c/ a chegada do meu pequeno, mas espero q a gente possa se encontrar um dia desses por ai.
    Beijos,
    Joana Brandao

  4. Olá…gostei muito do seu blog e desde a gravidez estou escrevendo no meu…agora que Gusavo nasceu (19 dias hoje) tá um pouco compilcadinho escrever, mas quando posso, corro lá e atualizo…
    Suas dicas são muito preciosas…vamos manter contato e trocar idéias…sou Pedagoga e moro em Fortaleza…
    Abraços

  5. Oi Andrea…esou amando o seu blog
    Sou enfermeira e moro no Rio de Janeiro, mas morei anos fora também trabalhando. Porém agora resolvi morar definitivamente com o meu noivo, que é sul africano, e estou grávida de 6 meses…e estou amando ler o seu blog…me vejo em algumas situações, principalmente pq se tudo correr bem com Jean, quando ele estiver com 2 meses e meio teremos q ir a África do Sul para o Natal…então me imagino e me organizo conforme estou lendo a sua experiência. Você sendo brasileira deve saber como as pessoas pensam aqui…chega a ser engraçado…só viaja com mais de 6 meses ou esoerar até 1 ano aff
    Um grande beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *