Cobranças dos familiares

Cobranças dos familiares

Familiares e amigos são especialistas em cobranças chatas, percebeu? Eles têm um dom todo especial de te encher o saco cobrando certas atitudes suas sobre coisas que você afirmou em mesa de bar, churrasco em família, em dias ou conversas descompromissadas.

Esses comentários – muitas vezes chatos e incovenientes – porém, são ótimos motores propulsores para a sua organização pessoal. Recomendo contar às pessoas que convivem com você, ou que frequentam a sua casa, que você está começando a se organizar ou mesmo que decidiu / planejou um novo projeto em casa. Elas saberão te cobrar (não diria na medida certa porque seria demais) a respeito.

Já pensou, alguém ali, perto de você, perguntando se você “deu jeito naquela estante da sala entulhada de troço”? Sabe, aquelas frases insistentes, “e aí, a estante está organizada?”, “você não tinha dito que ia dar jeito nisso?”, “cadê que você eliminbou o problema da estante?”, “eu te disse, você não ia conseguir dar fim nessa estante logo”. São críticas irritantes, mas construtivas num certo contexto. Elas vêm como motivação para o seu projeto. Porque no fundo no fundo, você sabe que já deveria ter dado um jeito na tal famosa estante, não é?

Portanto, partilhe seus projetos com seus amigos e familiares. Não precisa entrar em detalhes para evitar que a invasão do seu projeto não seja tão monstruosa e maléfica para si mesmo. Precisamos de estímulo e não de encheção de saco em tempo integral. Nada de excessos, ok? Comigo, isso funciona bem. E com você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *