Browsed by
Categoria: Desabafos domésticos

Cobranças dos familiares

Cobranças dos familiares

Familiares e amigos são especialistas em cobranças chatas, percebeu? Eles têm um dom todo especial de te encher o saco cobrando certas atitudes suas sobre coisas que você afirmou em mesa de bar, churrasco em família, em dias ou conversas descompromissadas. Esses comentários – muitas vezes chatos e incovenientes – porém, são ótimos motores propulsores para a sua organização pessoal. Recomendo contar às pessoas que convivem com você, ou que frequentam a sua casa, que você está começando a se…

Leia mais Leia mais

A mesma tecla, de novo

A mesma tecla, de novo

Podemos bater mil vezes na mesma tecla e eu não mudo. Vivo escrevendo a respeito, lendo, tentando, mas não consigo me organizar. A casa até toma jeito, de quando em vez, fica com cheirinho bom de limpeza, ajeitadinha, mas esse estado de “quase perfeição” não dura. Já consegui identificar alguns dos meus graves problemas que me impedem de ser a “perfeitinha de Gatineau”, mas minmha ação não é tão rica nem tão ativa quanto deveria para a manutenção do estado de…

Leia mais Leia mais

Minha aventura em busca de uma casa organizada a 2, 3, 4…

Minha aventura em busca de uma casa organizada a 2, 3, 4…

Cada um quer ter uma vida/ casa (ou os 2) organizada por uma razão. A mais óbvia para mim é o fato de se viver melhor num lugar (dentro de si ou não) ordenado. Difícil é colocar as coisas nos devidos lugares, de forma comveniente, lógica e sem atraso. Sim, porque somos humanos e queremos tudo para ontem, não é? Desde que comecei esse processo de me organizar e manter a vida de casada (família muda tudo) em ordem, aprendi…

Leia mais Leia mais

Esperar dos outros

Esperar dos outros

Detesto reclamar da vida. Não acho justo. Sou tão abençoada com saúde, uma família maravilhosa, um emprego que amo, uma vida em paz, que eu não acho bonito nem justo reclamar disso. No entanto, reclamo das pessoas. Reclamo mesmo, xingo, digo desaforos (mentais, na maior parte do tempo), tudo porque deposito muitas esperanças nelas. Infelizmente, tenho o péssimo hábito de esperar das pessoas algo que eu gostaria que fizessem por elas, por mim, por qualquer coisa. Espero que ajam como…

Leia mais Leia mais

O tal de “limpar a casa”

O tal de “limpar a casa”

Essa coisa de “limpar a casa”, na minha concepção, vai muito além de passar a vassoura ou tirar o pó dos móveis. Vai muito além de bater o tapete para tirar a poeira ou tirar o mofo dos azulejos do banheiro. Há inúmeros aspectos psicológicos em jogo. Muitas pessoas entendem “limpar” como algo novo, melhor e até mais bonito! E todo mundo deseja um mundo assim, não é? Não tem como entrar numa casa abarrotada de pratos sujos, roupas empilhadas…

Leia mais Leia mais

Vida (compras) exagerada(s)

Vida (compras) exagerada(s)

Sempre fomos muito estragados lá em casa (digo, casa dos meus pais), sempre tivemos tudo em grande quantidade, exagero, fartura por medo de faltar, eu acho. Dizem que é coisa de cearense, mas não sei não… acho que é mal hábito mesmo. Fato é que, com o passar dos anos, a globalização, a estabilidade financeira, etc, mudamos nossos hábitos de compra/ estoque de coisas. E assim, começamos a viver uma vida mais perto do normal. Nada mais de acúmulos, milhares…

Leia mais Leia mais

O fim do inverno – fim da deprê?

O fim do inverno – fim da deprê?

Todo ano é a mesma coisa… dias de inverno demorados (o que é uma contradição, já que ele tem menos horas de sol e portanto, passamos menos tempo fora de casa), que passam arrastados, devagar, quase parados. Com o passar dos meses, conforme a montanha de neve vai se acumulando no meu jardim na frente da casa, o frio vai aumentando, meu humor vai diminuindo, meu astral vai baixando e minha depressão vai chegando. Isso mesmo, deprê. Oriunda de um…

Leia mais Leia mais

O diário da organização

O diário da organização

Um momento importante no processo de se tornar organizado é começar um diário de organização. Mas, aí vem a pergunta: o que danado um diário tem a ver com o fato de se tornar organizado? Algumas pessoas não pensam através de figuras, mas através de palavras, como eu, por exemplo. Sentar a bundinha na cadeira e colocar seus pensamentos no papel pode te ajudar a determinar o porquê de tanta bagunça, ou a razão pela qual teve dificuldades em se…

Leia mais Leia mais

Por onde a tia passa…

Por onde a tia passa…

Aqui, já contei de mim e do meu avô e sua bagunça organizada. Agora, vou falar de caso extremo de uma de minhas tias. Minha tia é bem excêntrica, isto é, bem especial no seu jeito de ser. Não é hippie, nem pinta o cabelo de azul. O que quero dizer é que ela tem um jeito diferente de ser, pensar, ordenar as coisas. Em toda a minha vida – e olha que convivi bastante com essa tia querida –…

Leia mais Leia mais

A reforma da minha cozinha

A reforma da minha cozinha

Nos mudamos tem quase 2 anos para uma casa. Eu AMAVA a cozinha do nosso apartamento e, apesar de ter uma mais espaçosa agora, não gosto tanto assim dela. Dando uma olhadela, já conseguia identificar os “problemas”: armários de tamanho maravilhosos, no lugar certo, mas com cara de velhos, apesar de serem de madeira pura, nada de compensado. Muito escura para uma quase cega, com luminárias feias e na moda de 1900 e cocada. Tenho horror a minha pia que…

Leia mais Leia mais