Vamos reciclar?

Vamos reciclar?

82283708

Não sei como é aí na sua casa, mas aqui na minha, reciclo TUDO (que posso)! A idéia é, de fato, não perder nada, encaminhar tudo pro lugar certo, não deixar que nada se perca ou fique entulhando. Isso tem um pouco a ver com limpeza, com organização, com eliminar o clutter (eliminar as tralhas).

E por onde começar isso?

Reciclagem é uma coisa necessária, para o ar da casa, para o meio ambiente, para a mente e para o coração. Reciclar não é apenas separar o papel do vidro, nem o orgânico do lixo seco. É, de fato, separar o que é importante, essencial, útil do que você não precisa mais, do dispensável, do acumulativo-desnecessário. Ou seja, o que você quer do que é tralha.

Veja bem que a idéia de tralha aqui não é aquele objeto que não serve mais, que está quebrado ou é inútil. Não, não. Tralha, nesse caso específico, é aquilo que NA SUA CASA já não tem utilidade (ou nem sequer teve um dia) e está ali, servindo de decoração ou “atrapalhando” o décor. Isso precisa ser eliminado! Isso está sujando a paisagem, impedindo o ar de fluir, sobrecarregando seu chacra ou o que você quiser dizer nessa hora.

Comece eliminando aí do lado do computador, na sua mesa de trabalho. Há sempre alguma coisa, perto da gente, que pode ir pra lata do lixo, para o cesto de reciclagem, para a doação. Dê o destino correto ao objeto.

Separe três caixas de papelão, por exemplo, e coloque o nome em cada uma: reciclagem, lixo, doação. E vá… percorrer a casa! Você vai ver, rapidinho, elas estarão cheias! E a partir daí, você vai subdividir a terceira categoria, a de doações. Você pode criar outras caixas com o “destino” dos objetos: comunidade da igreja, família carente, uma amiga (ou várias – por que não deixar um monte delas felizes?), a escola dos seus filhos, sua mãe, etc.

E assim que a primeira caixa estiver cheia, dê cabo dela (dê fim, encaminhe, resolva). A idéia é entregar a doação ao seu destino o mais rápido possível. Afinal, esses objetos já perderam muito tempo aí na sua casa sem função, não é? Então, que eles cheguem logo no local onde terão utilidade!

Ah, é impressionante o bem que isso faz. Você vai se sentir leve, com uma agradável sensação de ter ajudado o próximo, vai dar uma refrescada na sua casa e de quebra, desocupará um espaço (que não precisa ser preenchido obrigatoriamente, viu?).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *