Kit básico de limpeza ecológica

Kit básico de limpeza ecológica

Você acha que só pode usar aqueles produtos de limpeza vendidos no supermercado para limpar sua casa? De jeito nenhum! Você pode usar bem menos produtos, bem mais baratos e fáceis de achar. Veja só…

Os produtos indispensáveis:

  • Bicarbonato de sódio – pode ser usado como ingrediente para “levantar” as receitas na cozinha, mas é também um excelente produto de limpeza. Ele é ligeiramente abrasivo, limpa, desodoriza (tira cheiros) , clareia e amacia a água (se você morar em um local com água dura, calcária).
  • Vinagre branco – contém 5% de ácido acético, um ácido suave que limpa, dissolve os depósitos de calcário, tira os resíduos de sabão e dissolve gordura.
  • Água oxigenada – É vendida em farmácia e serve para clarear/ esbranquecer e desinfectar. Está sendo cada vez mais usada para substituir o cloro nos agentes de brancura dos sabões para roupa.
  • Barra de sabão – São sabões a base de azeite de oliva, como o sabão de marselha (com 72% de óleo) que não contém perfume, nem corante, nem aditivo e têm a vantagem de ser 100% biodegradáveis. Procure em lojas de alimentos naturais, farmácias e certos supermercados.

O material necessário:

  • Vaporizadores – para usar spray nas superfíceis com solução de limpeza.
  • Esponjas
  • Panos de limpeza de algodão ou microfibra
  • Bombril (ou esponja de aço)
  • Luvas de borracha
  • Escova de dentes velha – prática para atacar “aqueles” cantinhos difíceis
  • Vidros de tempero com furinhos para “polvilhar” de bicarbonato os locais

One thought on “Kit básico de limpeza ecológica

  1. Parabens pelo artigo e pelo Kit de limpeza ecológica. Eu acrescento que ao utilizar este tipo de produtos comuns não se poupa só no preço mas tambêm na saúde. Existe uma realidade que ninguem gosta muito de comentar associada aos produtos quimicos existentes nos produtos de limpeza, cosméticos e materiais comuns existentes nas nossas casas, é que ninguem sabe realmente quais os efeitos destes químicos no nosso organismo resultado da exposição gradual e sistematica aos mesmos. Já sabemos que muitos provocam crancro entre outras doenças mas parece que ninguem se quer preocupar…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.