Lavar roupa com água fria

Lavar roupa com água fria

Isso pode não ser um problema tão sério aí no Brasil, mas aqui, país frio durante mais de 6 meses do ano, o uso de água quente/ morna na lavagem de roupas é um caso sério. Várias campanhas na tv, rádio, revistas são sobre isso, tamanho é o uso e o abuso. Algumas vezes, usar água quente na lavagem é um mal necessário, porque ajuda a não “congelar” as roupas na máquina, não as deixa gelas e endurecidas antes de serem penduradas e facilita a ação do tira-manchas. Porém, isso tudo é supérfluo. Pode-se, muito bem, se passar disso para lavar BEM uma roupa.

Algumas marcas de sabão criaram produtos especiais para serem usados em água fria, com o intuito, justamente de convencer os consumidores a usar apenas água fria na lavagem. Muita gente, sobretudo na Europa, tem mania de usar água em temperaturas elevadas para lavar toalhas, lençóis.  Parece até que eles têm doença de pele, diria minha avó. Só se “escalda” roupa quando se está doente! Bem, eu entendo o uso, entendo a necessidade de alguns, os hábitos culturais, etc. O que eu não entendo bem é a escolha em si. Água quente usa eletricidade para aquecer a água fria, portanto aumento o consumo de eletricidade em casa, aumenta o custo na conta de energia, aumenta a emissão de gases que criam o efeito estufa. Pode parecer um argumento bem dramático para uma simples lavadinha de roupa, mas pense aí, você, a sua vizinha do lado, a moça da casa da rua de trás, a sua prima, o namorado da sua melhor amiga e a sua mãe já fazem 6 GRANDES consumidores. Imagine o mundo todo fazendo isso e ao mesmo tempo?

Um CAOS! Por isso, mesmo que você tenha esses “xiquês” todos na sua máquina, a possibilidade lavar com água quente, prefira usar água na temperatura que sai da torneira. Requer menos energia, funciona do mesmo jeito (sem ter que comprar produtos especiais, porque sabão que é sabão lava de qualquer jeito) e vai ter o mesmo resultado: roupa lavada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.