Guarda-roupa: facilitando a minha vida

Guarda-roupa: facilitando a minha vida

Guarda-roupa arrumado sempre foi meu sonho… aliás, vivo sonhando com isso e conseguindo, mas difícil é manter arrumado como quero, sobretudo depois de uma viagem, uma super montanha de roupas lavadas ao mesmo tempo, etc.

O mais importante para mim, na verdade, não é um guarda-roupa/ closet impecável, arrumadinho e categorizado por cores – como de algumas estrelas e gênios da arrumação – e sim, um local onde posso estocar minhas roupas, limpo e com f;acil acesso às peças que uso. Por isso, criei três seções no meu closet:

Seção “pau para toda obra”

Nessa parte, vão todas aquelas peças que são o carro-chefe do seu guarda-roupa (os elementos de base): as roupas que você usa todo dia, como o seu jeans favorito, uma camisa branca, uma calça cáqui. Estas são as roupas que você pode jogar no corpo, seja para ir ao supermercado, ao trabalh ou ao médico e você sabe que vai dar certo, porque são clássicos e simples e combinam bem com tudo. A idéia é colocar tudo junto no armário.

Dica legal: Eleja uma cor e um tipo de cabide para suas roupas. Só isso, já vai dar ao seu armário um aspecto mais ordenado.

Seção “novidades originais”

Sou do tipo que cata peças originais em todo lugar que vou. Detesto comprar roupa tipo “chinês” (igual a de todo mundo). Por isso, criei essa parte, onde coloco os itens que não são tão básicos, aqueles que vão dar um “up”(levantada) na sua roupa, ou até naquela peça “pau para toda obra” mais clássica. São as roupas com estampas, padrões, xadrez e outros floreios, uma blusa de babados ou uma jaqueta brilhante, de uma cor chamativa, por exemplo.

Seção “Arquivo quase morto”

Sabe aquelas peças que você usa o tempo todo? Aquelas que você tem o maior ciúme e quer vestir de segunda a sexta? Experimente tirá-las de circulação um mês, para força-la a (re)ver seu armário e usar peças que você não visto a muito tempo. Você pode colocar os itens do “arquivo morto” num daqueles sacos de roupa a vácuo (da Oz, por exemplo). Um mês depois, eles ainda vão estar com cheirinho de limpeza, engomados e prontos para serem usados de novo, num novo mix de cores. Você vai ter, provalmente, tirado um monte de peças legais do seu armário, para dar uma voltinha lá fora. Mude a seção a cada mês.

Dica legal: Vestir-se é mais fácil se você começar de baixo para cima, começando com a escolha da calça ou da saia.

One thought on “Guarda-roupa: facilitando a minha vida

  1. Poxa, eu preciso muito de roupa quaasse não sei de moda não tenho muuita roupa se você me ajudar.. doando
    eu acho que vou me vestir bem!
    beijinhos *-*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.