Pintando a casa eu mesma

Pintando a casa eu mesma

Por que não? Aqui na Terra do Gelo, esses serviços podem custar caro. Como é um lugar cheio de excelentes lojas de materias de contrução e bricolagem (não sabe o que é? Leia aqui), vale a pena arriscar. Fora isso, maridex é super caprichoso, talentoso e topa tudo.

Quando compramos nosso primeiro apartamento, ele era todo numa cor só. Eu não consegui aguentar aquela monotonia cromática muito tempo. Tratei logo de colocar uma parede cor vinho para quebrar aquele bege sem graça. Foi na sala. Pintamos nós mesmos, em algumas horas. O resultado foi tão bom, que, meses depois,foi a vez da cozinha. Pronto, estava resolvido o problema da mudança de “cara” do apartamento com algumas pinceladas e um pote de tinta. Baratinho e divertido.

Na hora de mudarmos para uma casa, bem maior, não tivemos dúvidas. Seríamos nós mesmos os “artistas” na decoração. A casa foi entregue com a pintura geral em excelente estado, mas colocaríamos tudo a nosso gosto com o tempo. Nada de pressa na hora de escolher cores, texturas e decoração. Só um cômodo foi modificado logo após a mudança, foi o quarto da minha filha. Como seria a primeira vez que ela teria um quarto dela, queria que fosse especial. Eu pintei o quarto todo, dividindo a parede em duas cores (como para colocar um border), em 5 dias. Por que tanto tempo? Devido aos muitos buracos de prego que existiam antes, tive que passar massa corrida e esperar secar bem antes de lixar e tive que passar uma camada de tinta para igualar a cor.

No quarto da minha filha pintei meia parede de um amarelo clarinho, bem clarinho mesmo, em todos os lados e a outra metade da parede de um rosa bebê clarinho. O teto nõa precisou ser pintado, ele estava em bom estado e com efeito “pipoca”. A pintura me deu bastante trabalho por ser a minha primeira “empreitada” sozinha do começo ao fim, exigindo marcar a linha reta nas quatro paredes, colocar a fita crepe, pintar uma parte, retirar a fita direitinho, colocar a fita em outro lugar, pintar o resto, retirar a fita sem danificar nada. Ufa, cansativo! Mas ficou bem legal, eu adorei! Usei tons pastéis, bem clarinhos mesmo e o ambiente ficou super aconchegante.

Use, de preferência, tinta sem cheiro, que é bom para quarto de criança, mas procure começar cedo, e deixe tudo aberto porque mesmo sem cheiro forte, ela não é completamente inodora.  Dá pra pintar 1 cômodo em um dia, só que é cansativo, e você não pode esquecer de contar o tempo de secagem da tinta para dar a segunda mão, senão fica feia a pintura. Lembre-se que as tintas foscas “encobrem” mais as irregularidades, já as semi-brilho e brilho deixam à mostra os eventuais defeitos.

One thought on “Pintando a casa eu mesma

  1. Oi Andrea!
    Estou adorando seu site. Muito útil.
    Também tenho um blog, que fala de artesanato. ADORO!!!
    Gosto também de mexer com pintura de casa, horta…
    ainda estou começando na arte de “blogar”, aos poucos vou me acostumando com as ferramentas.
    Acesse meu blog, veja se gosta.
    e mais uma vez, parabéns. Você tem muito bom gosto.
    Bjs,
    Lykka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.